31/10/2007

O verso e o reverso

No passeio das horas
contei as pedras do tempo.
Hoje sei onde moras.
Vim no rasto do vento.
Nos jardins dos dias
gozei as pétalas oferecidas.
Não disseste onde ias,
deixaste promessas esquecidas.
No livro dos anos,
deixei páginas rasgadas,
não há índice de danos,
apenas folhas douradas.
Na berma do futuro
larguei as minhas mágoas.
Entre nós há um muro
que desvia as nossas águas.
No caminho de regresso
assinalei minha presença.
Vais descobrir o reverso
do sinal de pertença.
_____________
Pedro Arunca
2007/11/01

10 comentários:

Malu disse...

Pedro, a margarida falou sobre vc no Grupo Artesanato com Amor, como gosto de poesias, vim correndo e dou de cara com o Verso e o Reverso, que é simplesmente divino, amei.
Bjs. Malu.
Ps. Vou navegar no seu Blog, com licença.

Cláudia Freitas disse...

Vi também no grupo Artesanato com Amor a divulgação do seu trabalho e constatei que são realmente lindos os seus poemas. Quando criança eu adorava fazer livrinhos com poemas, encadernava e tudo, eu tinha 9, 10 anos, pode???? Depois escrevi algumas histórias e dava de presente para os familiares. Continuo amando a leitura, mas nunca mais me dediquei a esta arte. Parabéns!!!

Papoila disse...

Todos nós deixamos paginas rasgadas no nosso livro dos anos...

Beijos
BF

avelaneiraflorida disse...

Caro Pedro,
mais um excelente poema!!!!

Oxalá a vida assim fosse como as páginas de um belo livro!!!!

Resto de BOA NOITE!

Whispers in night disse...

Wow, parabens....
Bonito poema, bonito coracao que os escreve.
mil beijos
Whispers

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Citando-te:
"Cada dia que passa é uma página do livro que nos compete escrever"

gostei mt!
***************

Sol da meia noite disse...

Gostei do poema.
O tempo e o vento... sempre de mãos dadas.

Beijinhos!

Charroco disse...

Olha o Pasquim do Charroco .
Quem quizer ver
comigo vai ter .

Boa semana .

Å®t Øf £övë disse...

Pedro,
Enquanto no livro dos anos ainda há folhas douradas, é um bom sinal...
Abraço.

Paula Raposo disse...

Gostei de te ler...muito bonito! Beijos.