27/10/2007

Deixa o teu coração florir

Pisaram os canteiros do teu jardim
Tanto trabalho deitado por terra
Que mal fizeram as flores?
Há quem declare guerras
Mas não ganhe nos amores

Sei que choras as rosas vermelhas
Tratadas com mil carinhos
Teu coração magoado
Também guarda espinhos
Ele merece de mais cuidado

Retira as pedras e as ervas daninhas
Revolve a terra com paixão
Choveu? O sol há-de vir
Solta e abre o teu coração

Deixa-o florir
_________

Pedro Arunca
2007/10/27

4 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Que bom chegar aqui e ler este poema!!!!
Começo a habituar-me a vir descobrir aqui coisas lindas para me ajudar no dia a dia!!!
"BRIGADOS"

UM BOM RESTO DE FIM DE SEMANA!!!

Paula Raposo disse...

Bonito o teu poema! Quase que encaixou em mim...deixar florir o meu coração. É isso. Tem sido pouco regado.

Anónimo disse...

O meu dia de hoje está dessa cor. E nem por isso é mau. É bom porque é nesta cor que eu me vejo a pensar e a interiorizar coisas. E se eu chorar tanto melhor porque coloco para fora todo o acumulado de emoções que me fazem ficar silenciosa no meio da multidão que fala.

bjus!!

Nélia disse...

Parece que este poema encaixa em muitos corações...Espero que no fim voltem a florir. Obrigada :)

Nélia