31/05/2007

Dançar

Dançar com um sorriso
Abrir os braços em arco
Ouvir o som do granizo
Balançar o corpo como um barco

Girar, rodar e saltar bem alto
Tocar os astros com os dedos
Nas nuvens, na areia ou no asfalto
Mostrar o rosto sem medos

Com música sempre a tocar
Fazer uma roda de amigos
Tango e valsa para dançar
O mundo livre de perigos
______
Pedro Arunca
2007/05/31

2 comentários:

foryou disse...

Tomara que seja sempre assim!

Ross disse...

me gustan los poemas, brigado